Egresso do curso reliza sonho de se tornar radialista

O Projeto Jovens Radialistas do Semiárido estimula os alunos a conhecerem as oportunidades e potencialidades do local onde vivem, abordando temas como a convivência com esta região. Jackson Lustosa é um exemplo de aluno que não precisou se mudar de sua cidade natal, Tanque do Piauí, em busca de melhores condições de trabalho. Ele concluiu o curso de Comunicação Social em 2013, pela turma de Oeiras.

“A pessoa deve procurar saber o que quer, tudo que preciso tem aqui, aqui tem terra pra plantar, oportunidade para trabalhar. No projeto sempre diziam que a casa da gente é melhor que a casa do vizinho e sempre nos mostravam que temos que ser autossustentáveis, usar a cabeça e as ferramentas certas para conseguir o que almejamos”, afirma Jackson Lustosa.

O jovem teve vontade de ser locutor desde criança. Quando era mais novo, na cidade onde vive, o único meio de comunicação disponível era o rádio. Após a chegada da energia elétrica, e com ela a televisão e a internet, ele continuou com o sonho de ser radialista. O ex-aluno começou a trabalhar na Rádio Cidade Nova. Em busca de aprimoramento decidiu participar do Projeto Jovens Radialistas do Semiárido, que tem apoio da Brücke Le Pont e patrocínio da Petrobras.

“Eu aumentei meu campo de visão, aprendi que a linguagem correta nesse meio é a popular”. Jackson conta que após fazer o curso diversas oportunidades profissionais surgiram e ele chegou a gravar 16 comerciais em um só dia. Atualmente, tem sua própria rádio, chamada Show FM, e apresenta o programa Show da Manhã, de segunda a sexta. Além disso, tem um blog no portal da Rede Meio Norte de Comunicação, que aborda temas de Tanque do Piauí e trabalha com produção musical.


Repórter: Ayla Esmero

Comente!