“O projeto acordou algo que eu tinha, mas não sabia colocar em prática”

“Antes de participar do projeto Jovens Radialistas, eu precisava de alguém que me abrisse portas. Hoje eu posso dizer que eu mesma posso abri-las”.

Esta é a declaração de Arlete Sepulvida, formada em 2013 no curso de comunicação do Projeto Jovens Radialistas, em Oeiras. A ex-aluna acredita que participar do projeto foi um passo muito importante para sua formação profissional.

Sua experiência com a comunicação começou aos 17 anos quando foi locutora na rádio comunitária Atividade, de Oeiras. Além disso, trabalhou em uma loja de departamentos na rádio interna, em que divulgava os produtos para funcionários e clientes. No entanto, o que fazia não era profissional e isso a motivou a participar da primeira turma do curso em Oeiras.

Empolgada com o aprendizado e com as novas perspectivas profissionais, não se contentou apenas em terminar o curso e decidiu compartilhar seu aprendizado com os novos alunos. Atualmente, trabalha como referente local do projeto em Oeiras e acredita que sua função é estimular e motivar os alunos.

“Ser ex-aluna facilita e me aproxima deles. Todos chegaram por motivos diferentes, mas estão aqui com os mesmos objetivos. Eu pego a minha realidade, minha experiência para mostrar a eles”, explica.

Atualmente Arlete faz o curso técnico de administração, mas não descarta a graduação em comunicação. A ex-aluna se sente feliz quando alguém percebe seu diferencial: sua formação. “O projeto Jovens Radialistas acordou algo que eu tinha, mas não sabia colocar em prática. Despertou a paixão pela comunicação e a vontade de trabalhar nessa área”, finaliza.


Repórter: Ayla Esmero

Comente!