Jovens comunicadores produzem spots publicitários e educativos

As aulas dos dias 19 e 20 de setembro foram bastante produtivas para os alunos do Projeto Jovens Radialistas do Semiárido em Picos. Com o módulo “Campanhas radiofônicas e produção de spots”, os jovens comunicadores produziram materiais publicitários e educativos. De acordo com a professora facilitadora, a radialista Rosangela Veras, foi cumprida a teoria e a prática, mas houve a necessidade de serem reforçados conteúdos extras, assegurando e enriquecendo o aprendizado dos beneficiários do projeto.

“Ética responsabilidade, foco e comprometimento: é preciso que haja isso. Fazer com paixão, com amor e gostar do que faz. É preciso ter força de vontade, tendo a oportunidade de estar em um estúdio é necessário querer aprender todos os segmentos e se tornar polivalente dentro daquela área, querer aprender um pouco de tudo”, diz a radialista.

O grande destaque do módulo de campanhas radiofônicas, segundo Rosangela Veras, foi a força de vontade dos alunos. São jovens que vêm de municípios distantes, muitas vezes não trabalham no meio, mas não se intimidaram, foram comprometidos com as atividades que foram propostas. Segundo Rosângela Veras, é possível mudar o olhar da sociedade sobre a região semiárida a partir da comunicação, através de um exercício ético da profissão e também com políticas públicas e com o comprometimento do poder público.

Realizado pelo Instituto Comradio do Brasil, com apoio da Brücke Le Pont e patrocínio da Petrobras, o Projeto Jovens Radialistas do Semiárido tem como objetivos a redução da pobreza entre jovens e a promoção do desenvolvimento local através da utilização do rádio como um veículo a serviço da educação. O curso é reconhecido pelo MEC e possibilita que os alunos conquistem registro profissional emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, válido em todo o Brasil.


Repórter: Fabricio Sousa

Comente!