CPT Piauí lança o Caderno Conflitos do Campo Brasil 2016

Essa é a 32ª edição do relatório que reúne dados sobre violências sofridas pelos trabalhadores do campo.

Os conflitos por terra, água e por questões trabalhistas no país, referentes ao ano de 2016, foram registrados e publicados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT). O Caderno Conflitos do Campo Brasil, expõe entre outros temas, o aumento do número de conflitos. O Piauí segue a tendência nacional.

Na região dos cerrados piauienses, verificou-se durante o levantamento uma concentração de disputas. "As famílias que nasceram e se criaram na serra e que saíram para ir para os baixões, agora estão sendo condenadas a mudarem para a periferia das cidades", explicou Gregório Borges da CPT-PI.

No Piauí, já existem registros de famílias vitimas de ameaças de morte. Um agravante para essa situação, foi a transferência da Vara Agrária de Bom Jesus para Teresina. A mudança desfavoreceu os pequenos agricultores que encontram dificuldades em sair da região para resolver pendências judiciais na capital.

Essa é a 32ª edição do relatório que reúne dados sobre os conflitos e violências sofridas pelos trabalhadores e trabalhadoras do campo brasileiro, neles inclusos indígenas, quilombolas e demais povos tradicionais.

Ouça entrevista concedida por Gregório Borges à Rede Comradio


Repórter: Francisco José

Comente!