“Acredito que todas as pessoas deveriam fazer o curso de comunicação”

A jovem comunicadora Rita Moura se formou na turma 2013 do Projeto Jovens Radialistas do Semiárido em Picos. Ela já trabalhava no portal Apura Notícias, fazendo cobertura de eventos, mas por indicação de um amigo, que é ex-aluno, e apoio do patrão, decidiu procurar o curso Técnico em Comunicação Social.

“Eu buscava qualidade e oportunidade. Qualidade para aprender a escrever bem e a oportunidade de ter uma formação e ser valorizada no mercado de trabalho”, explica Rita Moura. O foco nos estudos deu certo e ela assumiu a funções de repórter, escrevendo matérias.

Para a jovem, todas as pessoas deveriam fazer o curso de comunicação. “A maioria das discussões entre amigos e vizinhos começa quando alguém interpreta uma conversa errado. Com a comunicação, nós aprendemos a nos expressar melhor e evitar esses erros”, explica.

Durante o Projeto Jovens Radialistas do Semiárido, que tem patrocínio da Petrobras e apoio da Brücke Le Pont, Rita acredita que aproveitou ao máximo as oportunidades de adquirir conhecimento: “aprendi que para fazer um jornalismo sério é necessário ser isento e fiel ao se noticiar um fato, e que no rádio e na TV o comunicador tem que mostrar o que está se passando fielmente, através da imposição da voz”. Além disso, segundo a jovem, um lado positivo do curso é que todos os módulos são voltados para a convivência com o semiárido.

Rita Moura trabalhou por um ano no portal Apura Notícias. Atualmente é repórter do site Boletim Regional, que faz coberturas de eventos e matérias sobre Picos e região. A jovem estuda licenciatura em biologia na Universidade Federal do Piauí, campus de Picos, e é atriz, profissões nas quais saber se comunicar bem é imprescindível.


Repórter: Ayla Esmero

Comente!